Sexta-feira, 08 De Abril,2011

Sexto Sentido? Nah....Tem mais ciência...

Recentemente a minha ilustre colega e amiga Verónica publicou um post a falar sobre o sexto sentido das mulheres....Ora, eu tenho a dizer que as mulheres possuiem tanto esse suposto sexto sentido quanto os homens...é verdade!

 

 

 

 

 

Mas para mim isso não é um sentido propriamente dito...É apenas a capacidade de friamente analisar factos, padrões de comportamento, atitudes e outros detalhes que dizem muita coisa....e sim, refiro-me a detalhes mínimos mesmo, mas que ás vezes um pequeno reparar num insignificante detalhe, deixa perceber muita coisa!

 

É que mandar postas de bacalhau, sem ter algo que suporte isso, sobre alguma pessoa e posteriormente acertar no que se disse....é pura sorte. Como se diz no CSI, não devemos analisar as coisas pelo que achamos ou pelo que queremos acreditar...Temos sim de seguir o que as "provas" nos indicam....E curiosamente, nestas coisas raras são as vezes que me engano....infelizmente! Pessoas que dizem que vão fazer X e eu digo "olha que não....vai acontecer Y"...e no final das contas, Y acontece...seja esse Y coisa boa ou má.

 

Com esta história toda, também facilmente se apanha mentirosos e vê-se quem de facto é de confiança ou não....já fiz pequenos "testes" de confiança a pessoas duvidosas....e fazendo-se de santinhas, a verdade é que chumbaram redondamente...

 

Enfim....Com isto, quero dizer que acreditarem que há um sexto sentido....eh pá, não há! Há sim capacidade e inteligência em conhecer BEM as pessoas com quem se lida e perceber as suas atitudes....Lembrem-se "Devil is in the details....", sejam todos um bocadinho de "Mentalista" e antes de abrirem a boca, tenham as coisas bem fundamentadas...não é andar ai a mandar postas de bacalhau só porque sim! Mas claro....que mesmo "seguindo as provas" eventualmente vão errar....e como eu gostava de errar mais vezes!

 

A todos, um bem haja

sinto-me: Wishing to be wrong on that...
música: Tudo Por um Beijo - Jorge Palma
publicado por Otto às 13:41
link do post | comentar
Segunda-feira, 28 De Março,2011

p.s I love you...no wc = declaração de casa-de-banho

Olá a todos =)

 

P.S. I love you... no wc???? É o mote do tema do post de hoje. Juro que não percebo as declarações de amor nas portas das casas-de-banho dos cafés, dos bares, das discotecas, ou seja, todos os lugares públicos que tenham um wc. Para além de não terem lógica, nexo, é, puramente, rídicula, mesmo para os putos e pitas. Supostamente, se uma rapariga escreve "eu amo o XXXX da escola YYY", essa rapariga está mesmo à espera que o rapaz vá à casa-de-banho ler essa declaração???Não vão. Aliás, eles nem sequer têm consciência daquilo de que as meninas escrevem nas portas, a não ser que elas lhes digam, caso contrário, é como se não tivessem feito nada. Aliás, estas declarações são, mais, para marcar território entre as raparigas, relativamente, a um determinado rapaz. Não mais do que isso e não venham com a tal lição, " Não é nada disso, eu amo-o mesmo, mesmo que só nos tenhamos conhecido há duas semanas, logo após eu ter acabado com o meu outro namorado".

As declarações de casa-de-banho são rídiculas, desnecessárias e infantis e não, não estou com inveja das pessoas que recebem uma declaração de casa-de-banho e sim, sinto-me felizarda porque nunca recebi nenhuma declaração de casa-de-banho, tal como as outras pessoas, mentalmente, sãs do mundo. Por isso, se quiserem fazer uma declaração de amor original, porque não optam pelo tradicional cartão, ou uma simples sms ou então, digam-no. Certamente, a pessoa que o ouvir vai dar mais importância à vossa declaração, como também não vos vai achar infantil por não terem feito uma declaração de casa-de-banho

 

 

Beijinhos e abraços, sem qq tipo de ironia

 

Veronica

sinto-me:
publicado por Menina ImPerfeita às 19:27
link do post | comentar
Quinta-feira, 10 De Março,2011

O sexto sentido feminino a.k.a. inimigo nº1 dos homens

Olá a todos! :)

 

Imagino que já devem ter percebido pelo título, qual será o tema da conversa.

O paladar, a audição, o tacto, a visão e o olfacto são os cinco sentidos comuns ao homem e à mulher. No entanto, felizmente para elas e infelizmente para eles, a mulher possui um sentido a mais que o homem, o tão famoso 6º sentido ( também conhecido por ser o inimigo nº1 do homem). Apesar deste sentido ser mais apurado para algumas mulheres do que para outras, acredito, piamente, que ele exista em todas. Muitos homens acham que este sentido é uma fantasia feminina criada, especificamente, para resolver os enigmas masculinos. O que não deixa de ser verdade, visto ele nos alertar para uma possível situação de perigo, como também para uma possível mentira. As mulheres sentem quando algo não está bem e por mais desculpas que tentem evitar, acabam por se contradizer, dando, consequentemente, razão à mulher.Quer estejam mal, stressados com algo ou alguém, quer estejam a mentir, quer estejam a preparar uma surpresa, não conseguem escondê-lo de uma mulher. Por vezes, este sentido "liga-se" como se fosse um interruptor inconsciente, mas é inevitável, quando se liga, até tudo regressar à suposta normalidade, a mulher não descansa. Aí é que começa o verdadeiro problema para o homem. O homem não tem a capacidade de fugir a este instinto e quando tenta, dá-se mal. A mulher não tem capacidade para desligar este instinto e deixar o homem em paz, enquanto não descobrir o que se passa. Atrevo-me a dizer que é mais forte que as mulheres. Logo, não mintam, não façam nada de que se arrependam um dia, em relação à vossa companheira, pois, um dia o sexto sentido vai-vos apanhar em flagrante. Quando uma mulher vos pergunta o que se passa, caso não queiram falar sobre o assunto, digam simplesmente, "amor falamos amanhã, hoje só quero miminhos teus" e acreditem que evitam muitos filmes femininos. Vale mais dizerem o que se passa do que não o fazer e terem que enfrentar filmes sem necessidade!

Já sabem a justiça tarda, mas não falha...

 

 

XOXO

 

publicado por Menina ImPerfeita às 23:10
link do post | comentar
Sexta-feira, 04 De Fevereiro,2011

Será para casar, para coiso, ou para....

....ver ao longe?

 

Pois é, é esta pequena pergunta que dará mote ao post!

 

Ora bem, mulheres....esse belo (ou não) ser que tanto vemos no nosso dia a dia! Inevitavelmente ao vermos uma mulher, desconhecida por exemplo, iremos tecer um qualquer júizo sobre ela....Se achamos interessante, gira, não gira....Enfim, mil e uma coisas podem passar-nos pela cabeça se por algum motivo (positivo ou negativo), repararmos nela..."Mas isso acontece só nas desconhecidas?" perguntam vocês...Não, nas que conhecemos é mais que natural que tenhamos uma opinião e que as insiramos numa das categorias que vou falar!

 

Ora bem, a ciência não é linear e há sempre casos bastante dúbios, que só com o verdadeiro conhecimento da personagem se pode dizer o que é, mas de um modo geral há três categorias de mulheres, vamos olhar cada uma delas:

 

  • Para Coiso - Somos uns animais e ás vezes temos instintos bastante primários....Portanto, uma mulher catalogada de "Para Coiso" é daqueles casos em que....bem, apenas conseguímos ali vislumbrar noites de loucas turpelias, mas não mais que isso...não vemos como sendo aquela mulher que "podesse" ser a mãe dos nossos filhos! É um caso abundante, e tem a particular vantagem de não nos ficar muito tempo a matutar na cabeça. Imaginem, pessoal numa fila para almoçar "EIA....OLHA AQUELA GAJA....JASU...." ela passa, volta-se á conversa onde se estava e pronto....Claramente o género "Para Coiso" é algo que causa impacto no momento....mas irrelevante em termos de futuro.

 

  • Para Ver ao Longe - Estão vocês a pensar, "Categoria das feias....", mas não!!!! Há muita mulher que podia ser englobada em "Para Coiso" mas que tem uma cabecinha tão fraca tão fraca que assusta uma pessoa...e torna-se caso "Para ver ao longe". Essencialmente, esta categoria é para as coisas mais parvas e medonhas em termos de mentalidade que existem....Bem piores que as "feias" da vida, até porque há garantidamente alguém que as acha bonita (como o bonito/feio é tão relativo)...

 

  • Para Casar - A melhor e a pior categoria! Ora, para começar, poucos são os casos de "Para Casar" que conheço....mas devido a esses mesmos casos, quase que poderia criar aqui uma sub-categoria, em que mesmo sendo "Para Casar", não nos vemos "casados" com elas...Estranho não é? Mas fica para outro dia a explicação...Vou apenas focar-me nas "anónimas" ou recém-conhecidas que vemos e...tudo nelas diz "É para casar", não quer dizer que elas sejam extremamente sexys e atreantes...eh pá, é mais toda a aneira de estar...de ser...agir...Um olhar fofo, ou sorriso mais meigo, e invade-nos a mente da maneira mais peganhenta possível...Sim, peganhenta! É que, ao contrário do género "Para Coiso" que o seu efeito passa rápido, quando conhecemos alguém do género "Para Casar", andamos ali dias com aquilo na cabeça....e dias e dias...E pode agravar, consoante o contacto que se venha a ter com o tal exemplar "Para Casar"...Complicado hein?


Enfim, claro que estas três distinções estão longe de serem lineares, mas no entanto creio que permitem uma rápida catalogação do espécime (não que seja necessário, mas pronto)!

 

Concordam comigo ou quê?

 

A todos, um bem haja

 

publicado por Otto às 00:13
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 20 De Janeiro,2011

"Como se livrar de uma pessoa chata?"

Boa noite, caros leitores.

 

Espero que estejam a desfrutar deste novo formato do blog, Somos Terriveis. :)

 

O tema que vou abordar é intitulado "Como se livrar de uma pessoa chata?", no contexto amoroso, ou seja, alguém que queira ter alguma coisa connosco e nós não queiramos. Verdade seja dita, quando estamos interessados numa pessoa e por acaso, esse interesse é reciproco, a última coisa que nós queremos é aturar  uma pessoa chata, que não percebe um não, que não descola, que está sempre às sms, às chamadas. Toda a gente já teve que aturar alguém assim. Diga-se de passagem que é precisa uma grande dose de paciência, quer para um homem, quer para uma mulher. Visto que estas pessoas começam a chatear, literalmente, por msn, por sms, pelo facebook, ou seja, à miníma oportunidade que tenham , ela chateia e chateia...e uma pessoa chega ao ponto em que já não põe o telemóvel com som, só para não ter que responder às sms, ou põe-se offline, para não ter que falar com ela. Isto tudo porque, como é que se diz, de forma simpática a uma pessoa que não se está interessada nela?

 

 

" Olha o problema não és tu, sou eu" ( já está muito batido, vê-se logo que o problema é da outra pessoa e não nosso)

" De momento, estou interessada noutra pessoa." ( claramente, não se está interessada noutra pessoa, simplesmente, não se quer aturar ninguém, só divertir-se)

"Olha, vou-te ser muito sincera, não quero nada contigo." ( somos, logo, chamados, disto e daquilo, e que mal tenho eu? e "e tu és uma ************* e ************, e eu sou muito melhor do que aquilo tens e blá blá blá blá blá)

 

Não é tão simples assim, aliás, não é simples.

Se damos a verdadeira razão, é porque somos isto e aquilo, senão damos uma desculpa, somos mentirosos e falsos, isto e aquilo.

Por amor de deus, decidam-se, deixem-se de hipocrisias e falsidades.

Aliás se fossemos a ser sinceros com essas pessoas, elas habilitavam-se a levar a tampa da vida dela, já que ouviriam algo do género:" olha eu adorava ser tua amiga, mas cada vez que abres a boca, só dizes m****, e eu passado 5 minutos, fico cansada de te ouvir...desculpa".

Mas não temos que ser como verdadeiros políticos a falar:"olhe agora não dá porque estou a meio de um processo, mas quando der, vai ter uma surpresa que não imagina" ( o que não quer dizer que a pessoa volte a falar com a pessoa chata -.-)

 

A forma mais eficaz que eu, por acaso, utilizo e recomendo e que já deu provas de garantia absolutas, é esta simples desculpa, que dá para adaptar a no matter what, com no matter who, " olha eu adorava ficar a falar contigo a noite toda, "sobre isso que tás para aí a dizer e sobre a qual eu não estou a prestar atenção nenhuma", MAS  tenho que :

- opção a: estudar

-opção b: fazer algo de útil no meu emprego

-opção c: ouvir a minha vizinha de 90 anos

 

Garanto que funciona e não é pouco (6)

 

Btw, alguém me pode dizer para onde foram as pessoas consideradas NÃO-CHATAS??? (6)

 

XOXO

sinto-me: terrível
música: jack johnson-good people
publicado por Menina ImPerfeita às 23:51
link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

últ. comentários

  • Não podia deixar de concordar mais!Estou cansado d...
  • “As mulheres sabem nos primeiros segundos após con...
  • Aquelas fotos estavam qualquer coisa, qual paparaz...
  • Eu estou para o mesmo, se passar numa revista lei-...
  • Se duas pessoas que se gostam querem viver juntas,...
  • Concordo que seja lixado ouvir essa do gosto de ti...
  • Há muitas relações que começam no verão e perduram...
  • Realmente é uma frase que assusta um bocadinho!Fez...
  • Este teu post fez-me lembrar de uma crónica que li...
  • A relação homem-mulher é cheia de mal-entendidos. ...

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro