O inicio...

A ideia de fazer este blog foi algo que, mais cedo ou mais tarde, iria surgir na cabeça de um dos dois autores.

Foi numa noite igual a tantas outras em que confidências, desabafos e principalmente, conselhos foram trocados.

Somos duas pessoas, como tantas outras. Fãs de blogs e afins. Duas pessoas que gostam de escrever em frente a um ecrã de um computador e partilhar com um público, que muitas vezes não conhecemos, o que nos vai na alma.

Podemos ter opinões contrárias em relação a muitos assuntos do quotidiano, no entanto existe algo que nos une. O nosso infindável amor pela ironia e sarcasmo.

É verdade, este blog vai, ou pelo menos tentar ser, um pouco diferente dos blogs que cada um dos autores possui.

Os temas que irão ser, aqui, discutidos e retratados vão ser sobre relações, homens e mulheres vistos pelo sexo oposto. Não devem ser posts levados a sério porque como o nosso público já deve ter percebido, serão posts recheados de ironia e sarcasmo. A autora deste blog, escreverá os seus posts com uma ironia requintada, enquanto o autor deste mesmo blog, criará os seus posts com um sarcasmo mordaz.

Para os mais distraídos, aqui fica uma pequena definição dos conceitos de ironia e sarcasmo. Simplesmente, para evitar qualquer mal-entendido. Entende se por ironia uma afirmação, a qual representa a ideia contrária do pensamento do interlocutor, enquanto que sarcasmo encontra-se mais próximo do escárnio e do menosprezo. (Mas caro público, não fique a pensar que somos más pessoas, não somos! Simplesmente gostamos de ser irónicos e sarcásticos quando as ocasiões assim o exigem!)

Neste momento, é assim que vemos esse sentimento tão retratado e tão falado que é o amor.

Não existe uma razão plausível que justifique tal visão, talvez tenham sido demasiadas desilusões, tristezas, talvez, simplesmente, não haja nenhuma.

Quem sabe? Talvez até saibamos e não queiramos dizer, temos esse direito, certo? Talvez até não haja e adoramos dar a ideia de que há. Por isso, é que somos terríveis, dái também esse ser o nome que o nosso querido recém-nascido blog terá “Somos Terríveis”.

Uma última nota antes de acabar este primeiro post, é, vivamente, desaconselhado, que este blog não seja lido por apaixonados, românticos e pessoas que acreditem no verdadeiro amor. A nossa intenção nunca foi e será tirar esse brilho ou essa visão do amor a essas pessoas. Se no entanto, a curiosidade dessas pessoas ganharem, os autores não se responsabilizam por qualuqer tipo de desgosto, tristeza, depressão ou qualuqer mudança radical que essas mesmas pessoas venham a sofrer nas sus vidas.

 

publicado por Menina ImPerfeita às 21:32
link do post | comentar